Project Description

Sensação de queimadura na sola do pé esquerdo (sensação de ardor no pé)
No pé direito está presente mas menos.
Queimadura com dormência.
Não tem exames de coluna.
Sensação de queimadura tornou-se intenso há 4 ou 5 meses. Sempre teve sensação de calor no pé mas agora tornou-se muito intenso.
Não sente metade da perna no lado esquerdo.
Tem hipotiroidismo.
Sente-se bem com medicação (tirox) mas antes a dose era muito elevada e sentia tonturas e vómitos.
Menopausa induzida aos 50 anos. Na altura não sentia os pés quentes.
Dificuldade em dormir por causa dos pés: caso contrário adormece facilmente.
Dormência e queimadura no dermátomo do safeno.

Sem epilepsia
Sem problemas cardíacos
Sem próteses metálicas

2 CONSULTA PARA TRATAR SENSAÇÃO DE ARDOR NO PÉ E PERNA

FEEDBACK
sentiu-se muito bem.
Perna direita quase sem sintomas.
Perna esquerda diminui-o sintomas.

3 CONSULTA

FEEDBACK
Perna direita sem sintomas.
Sensação de queimadura na planta do pé esquerdo muito melhor mas agravamento da sensação nos dedos e na face interna do pé esquerdo. Também houve agravamento na perna esquerda interna.
Parece existir agravamento da área relativa ao safeno e melhoria da área relativa ao tibial.

Nevralgia do trigémio
Entorse no tornozelo

Dor por hérnia discal
Neuropraxia tratada com acupuntura

Sensação de ardor no pé e perna

Paciente do sexo feminino com 73 anos recorreu a tratamentos de acupuntura porque se queixava de sensação de ardor no pé, mais especificamente na planta do pé. Além da sensação de ardor (ou queimadura) no pé também apresentava sensação semelhante na face interna da perna.
Os sintomas afetavam ambos os membros inferiores com maior intensidade no membro inferior esquerdo. Apesar de ser um sintoma crónico começou a sofrer aumento de intensidade muito exagerado mais recentemente.
No membro inferior esquerdo além da sensação de queimadura também apresentava dormência.
O tratamento selecionado foi a acupuntura contemporânea e acupuntura elétrica. A paciente apresentou uma evolução sintomática muito rápida relativamente à sensação de ardor no pé (prioridade terapêutica) sendo que ao final da 3ª consulta o sintoma estava praticamente desaparecido.
A paciente também apresentou uma melhoria momentânea seguida de ligeira agravamento da sensação de ardor na perna esquerda. O membro inferior direito também já não apresentava sintomas.
Ao final da terceira consulta a paciente decidiu parar os tratamentos por motivos pessoais.