Project Description

Paralisia facial direita

Surgiu dia 1 de abril.

Sem dor nem dormência.

Dor atrás do ouvido: sem relação conhecida com vento e frio.

Na quinta começou com uma enxaqueca grande e dor no ouvido. Na sexta à noite sentiu umas picadas no olho direito e no sábado acordou com paralisia facial instalada.

Sem historial de epilepsia ou esquizofrenia.

Sem pacemakers.

Ligeiro movimento no frontal

Consegue fechar o olho mas tem limitações.

Ligeiro movimento na expressão do nojo.

Resto das expressões sem movimento.

Paciente não consegue exprimir raiva?????

Paralisia facial periférica à direita

2 CONSULTA

 

FEEDBACK

Nota-se movimento no frontal, raiva, nojo, sorriso.

Boa evolução dos lábios.

Paciente apresentou uma resposta muito positiva em 3 dias.

Ontem acordou com face edemaciada e cefaleia e cervicalgia homolateral por trás do ouvido.

3 CONSULTA

 

FEEDBACK

Grande evolução na simetria facial.

4 CONSULTA

 

FEEDBACK

Quase sem diferenças em muitos movimentos. Continua a apresentar grande melhoria.

Simetria facial no estado normal. Simetria facial quase conservada a 100% na maioria dos movimentos.

Paralisia facial direita

Paciente do sexo feminino com 29 anos desenvolveu uma paralisia facial direita 9 dias antes de ser encaminhada para o nosso gabinete. A paciente não apresentava dor nem dormência na face. Referia dor atrás do ouvido sem relação com vento e/ou frio.
Na altura da primeira consulta de acupuntura a paciente já mostrava um ligeiro movimento no músculo frontal e era capaz de encerrar o olho mas com algumas limitações.
Para tratar a paciente foi definido um programa de reabilitação neuro-muscular com acupuntura elétrica seguido de um conjunto de conselhos relativos aos melhores exercícios físicos a realizar.
Ao todo o paciente realizou 4 tratamentos de acupuntura elétrica ao longo dos quais apresentou uma evolução muito positiva. Ao final do 4º tratamento de acupuntura elétrica a paciente não tinha diferenças notáveis ou significativas na simetria facial.