Dor lombar tratada com osteopatia2017-12-30T13:08:52+00:00

Project Description

Sexta-feira passada surgiu dor lombar com irradiação ocasional até joelho direito via nervo lateral femural cutâneo (face antero-externa da perna).

Posição sentado (a conduzir especialmente) agravam os sintomas.

Sente-se melhor em pé ou deitado.

Médico receitou relmus e tilcotil que aliviaram as dores mas não passaram totalmente.

Antes de tomar os medicamentos as dores eram nível 7 e depois dos medicamentos e repouso ficaram a nível 3. Quando voltou ao trabalho sente agravamento quando se senta.

Trabalho de escritório – fica o dia todo sentado.

Primeira crise de dor lombar há 4 anos.

Elevação da perna esquerda provoca dor lombar.

Pés em rotação externa e joelhos em rotação interna.

Teste de flexão em pé sem arrastamento

Sem arrastamento no teste de flexão sentado.

Sem alterações visíveis no teste da cegonha.

Dor na flexão do tronco com mais de 45 graus – possível dor provocada por ligamento ilio-lombar?

Sem dor quando anda nos calcanhares, ponta dos dedos ou borda dos pés.

TC DA COLUNA LOMBOSSAGRADA

Informação clinica: hérnia discal L3-L4?

Aquisição helicoidal: Planos axiais para os espaços intersomáticos e reformatações sagitais e coronais.

Retificação da curvatura fisiológica da coluna lombar, sem evidência de desalinhamentos dos muros posteriores somáticos.

O canal raquidiano central ósseo é amplo.

Em L2-L3 identifica-se procidência discal difusa que tem maior expressão ao nível do canal de conjugação esquerdo, mas sem evidente conflito de espaço com as raízes nervosas.

Em L3-L4 e L4-L5 identificam-se ligeiras procidências difusas dos discos, que tem expressão intracanalar, contactando as emergências radiculares em L4-L5, mas sem evidente compressão.

Procidência difusa, também, em L5-S1, mas sem compressão radicular evidente.

Não se observam massas paravertebrais com características anómalas.

2 CONSULTA

 

FEEDBACK

Sente-se bastante melhor.

Nota alguma tensão mas já não tem dor. A tensão/desconforto é só quando se levanta se estiver muito tempo sentado ou de manhâ.

Consegue fazer vida normal.

3 CONSULTA

 

FEEDBACK

Sem sintomas.

Dor lombar tratada com acupuntura e osteopatia

Paciente do sexo masculino com 48 anos de idade apresentava dor lombar com historial de crises de dor lombar. O paciente encontrava-se medicado o que reduziu as dores mas não as eliminou totalmente. As queixas do paciente eram agravadas com a rotina laboral diária que o obrigava a ficar sentado muitas horas.
Para tratar o paciente recorreu-se a uma combinação de diversas técnicas osteopáticas, acupuntura elétrica e aconselhamento sobre exercícios especifícos. O objetivo de dar maior mobilidade articular, promover maior capacidade de deslizamento neural, dessenssibilizar a região de dor e promover fortalecimento muscular foi conseguida com grande sucesso.
Na 2ª consulta o paciente referia grandes melhorias e ausência de dor com maior mobilidade e capacidade de fazer a vida diária sem grandes limitações. Ao todo foram feitas 3 consultas. O paciente não apresentava sintomas na 3ª consulta e foi aconselhado a manter exercícios especifícos para prevenção sintomática.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.